Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Angola e a Guerra Colonial

Angola 1961a 1 1024 2500
16 Fevereiro 2019
sábado, às 15h

CONFERÊNCIA
por Henrique Bernardo

O dia 4 de fevereiro de 1961 em Luanda marca o início de um conflito que iria durar 13 longos anos. Começaria em Angola e estender-se-ia posteriormente à Guiné e a Moçambique. Angola, a joia da coroa do Império Português, era o território africano mais ligado a Portugal e o mais cobiçado. Era em Angola que vivia a maior comunidade de portugueses que ali procurou melhores condições de vida. Numa altura em que a conservação de um Império em África já era quase uma utopia, o Governo de Portugal ordenou às suas Forças Armadas que ganhassem uma guerra quase impossível, atendendo ao contexto internacional da época. Se em Angola as Forças Armadas conseguiram conter os nacionalistas, na Guiné o Exército português começou a aperceber-se que o conflito em que estávamos envolvidos não se ganharia no terreno.

Esta circunstância conduziria anos mais tarde à criação do MFA, ao despoletar do 25 de Abril e ao inevitável processo de descolonização.

  • Integrada no Ciclo de Conferências do Rotary Clube de Sesimbra

Local: Sala Polivalente, Biblioteca Municipal de Sesimbra

Município de Sesimbra © 2015-2018 | Todos os direitos reservados