Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Unidade de Saúde Pública – Pólo de Sesimbra



A Unidade de Saúde Pública (USP) funciona como um observatório de saúde da população, permitindo uma detalhada caraterização da área geodemográfica em que se integra e das necessidades de saúde da população sob sua dependência, em estreita articulação com os serviços e instituições prestadoras de cuidados de saúde.

Posiciona-se como um elemento catalisador de parcerias e estratégias intersectoriais, competindo-lhes elaborar informação e planos em domínios da Saúde Pública, vigilância epidemiológica, gerir programas de intervenção no âmbito da prevenção da doença, promoção e proteção da saúde da população em geral ou de grupos específicos e colaborar, no exercício das funções de autoridade de saúde.

Consulta/atendimento: Avaliação em Junta Médica de Incapacidades (Atestado multiuso); Consulta de Cessação Tabágica.

Atividades desenvolvidas:

  • Elaborar informação e planos em domínios da Saúde Pública e monitorizar o estado da saúde da população (função observatório de saúde);
    1. Recolha e análise sistemática de dados de saúde;
    2. Diagnóstico de saúde da população;
    3. Elaboração do plano local de saúde;
    4. Comunicação de informação sobre saúde às restantes unidades funcionais do ACES, assim como a instituições-chave da comunidade.
  • Proceder à vigilância epidemiológica, quer das doenças transmissíveis, quer no âmbito da saúde ambiental;
  • Gerir ou participar no desenvolvimento de programas de intervenção nacionais e/ou internacionais, no âmbito da prevenção da doença, promoção e proteção da saúde da população em geral, ou de grupos específicos e de programas atribuídos aos serviços ou profissionais de saúde pública, nomeadamente:
    • Gestão do Programa Nacional de Vacinação;
    • Programa de vigilância epidemiológica e de controlo das doenças transmissíveis na Comunidade. Programa de vigilância epidemiológica (SINAVE), Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica;
    • Gestão Programa Nacional de Saúde Escolar;
    • Gestão Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral;
    • Programa de Saúde Ocupacional;
    • Programa de Vigilância e prevenção de doenças de origem alimentar em Lares de Idosos;
    • Elaboração de Plano de Contingência Local para a Doença por vírus Ébola;
    • Planos de contingência para as temperaturas extremas adversas: Módulo Frio e Módulo Calor;
    • Programa de vigilância ambiental de riscos microbiológicos na água: mapeamento e caraterização das torres de arrefecimento no âmbito da prevenção da Doença dos Legionários;
    • Programa de Vigilância Sanitária das águas destinadas a consumo humano, vigilância sanitária das piscinas e vigilância sanitária das zonas balneares;
    • Auditorias internas a unidades do ACES produtoras de resíduos hospitalares;
    • Programa de Vigilância Sanitária de Unidades Privadas de Saúde;
    • Programa de Vigilância Sanitária de Estabelecimentos de Restauração e Bebidas;
    • Programa de Vigilância Sanitária de Estabelecimentos Industriais;
    • Programa de Vigilância Sanitária de Estabelecimentos Comerciais;
    • Programa de Vigilância Sanitária de Estabelecimentos Turísticos;
    • Programa Regional de Vigilância de Vetores (REVIVE).

Os serviços de natureza operativa de saúde pública devem orientar a sua intervenção para a prossecução das Operações Essenciais de Saúde Pública, nos termos da Organização Mundial da Saúde, nomeadamente:

  1. Manter a Vigilância da Saúde e bem-estar dos cidadãos, incluindo a recolha de dados para a produção de estatísticas, e medidas de acompanhamento nas áreas das doenças comunicáveis e não comunicáveis, saúde mental, saúde materna e infantil, saúde ocupacional e ambiente, bem como proceder a inquéritos e outras medidas de seguimento de estilos de vida e padrões de comportamento;
  2. Monitorização e resposta a riscos e emergências em saúde pública;
  3. Contribuir para assegurar a saúde nas vertentes, ambiental, climática, ocupacional, alimentar e de outras constantes do Plano Nacional de Saúde;
  4. Promover a saúde através de ações sobre os determinantes sociais, com especial enfoque na identificação de pessoas e populações com riscos diferenciados contribuindo para políticas intersectoriais que promovam a saúde e progressivamente eliminem as desigualdades;
  5. Atuar na prevenção da doença, em particular pela eliminação da exposição a agentes nocivos para a saúde, garantir a cobertura vacinal adequada, modelação de comportamentos e participando em programas de deteção precoce;
  6. Contribuir para as ações e atividades necessárias para a manutenção da saúde das populações incluindo a avaliação de impactos na saúde de políticas transversais;
  7. Assegurar a sensibilização das pessoas mantendo e melhorando continuamente a comunicação sobre saúde e a mobilização social para as responsabilidades individuais e coletivas para com a saúde pública;
  8. Prosseguir investigação em saúde pública incluindo sobre serviços de saúde, com vista a produzir conhecimentos para a elaboração e implementação de políticas de saúde.

Avenida da Liberdade n.º 42
2970-652 Sesimbra

21 228 19 55

Das 8.30 às 13 e das 14 às 17.30h



Município de Sesimbra © 2015-2018 | Todos os direitos reservados