Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Recital de Poesia e Harpa

Nicoli sousa 1 1024 2500
RECITAL DE POESIA E HARPA
Vitor de Sousa (declamação)
Emanuela Nicoli (harpa)

O ator Vítor de Sousa vai declamar poemas de Eugénio de Andrade, Sophia de Mello Breyner, Miguel Torga, David Mourão Ferreira, Ary dos Santos, Sebastião da Gama, Ricardo Reis, Camilo Pessanha, Mário de Sá Carneiro, Rosa Lobato Faria, Maria Teresa Horta.
Será acompanhado por Emanuela Nicoli, na harpa.

Poemário

História Antiga - Miguel Torga
As palavras – Eugénio de Andrade
O Sonho – Sebastião da Gama
Segredo de Ti – Maria Teresa Horta
Amor sem tréguas - António Gedeão
Testamento - Alda Lara
A Flor - José de Almada Negreiros
Teoria do Fado - Manuel Alegre
Dois Sonetos – Bocage
Elegia - Eugénio de Andrade
Se ao menos soubesses - Joaquim Pessoa
Circo - José Saramago
Auto-retrato - Ary dos Santos
Soneto do Cativo - David Mourão-Ferreira
Canção Grata - Carlos Queirós
Não me posso queixar - Vasco de Lima Couto
Jornais da Manhã – Rita Olivaes
Cidade - Pedro Homem de Melo
A Paz sem vencedor e sem vencidos - Sophia de Mello Breyner
Porque - Sophia de Mello Breyner
Dizer Amor - Rosa Lobato de Faria

Harpa

Krumpholz - Sonata in Fa maior: Allegro Moderato
Hasselmans - La Source
Bach - Coral da Cantata 147 Jesus bleibet meine Freude
Dussek - Rondó
Schubert - Serenata
Paradisi - Tocata
Glinka - Nocturno
S. McDonald - Serenata
Delmas - Priére
S. Pratt - The little fountain Pachelbel - Canon
Gustavson - Moorish Garden

Vitor de Sousa
Ator

Terminou o Curso de Teatro, variante de Formação de Atores, na Escola de Teatro do Conservatório Nacional, em 1967.
Estreia-se como ator em 1965. Integrou o Teatro Estúdio de Lisboa, onde foi dirigido por Luzia Maria Martins, em peças como Thomas Moore, de Robert Bolt, ou A Rabeca, de Prista Monteiro. Ainda em 1967, deslocou-se a Paris para apresentar, no Olympia, o espetáculo Olimpíadas do Music-Hall.
Passou pela Casa da Comédia onde, sob a direção de Norberto Barroca, participou em Mário, ou eu próprio - O outro, de José Régio, e Caixa de Pandora, de Fernando Amado. Em 1970 integra o núcleo fundador do Teatro do Gerifalto, juntamente com António Manuel Couto Viana, onde faz As Babuchas de Abu Kassen de August Strindberg.
Com uma longa carreira no teatro, nas últimas décadas deu-se a conhecer, sobretudo em televisão. Esporadicamente, regressou ao teatro com Varela Silva, no Teatro Maria Matos e no Teatro Villaret; em 1997 integrou o elenco de A Importância de Ser Amável (São Luiz, com Fernando Heitor); em 2002 participou em Partitura Inacabada de Tchékov, dirigido por Paulo Matos (TNDMII), em 2005 interpretou com Sofia Alves A Educação de Rita de Willy Russel.
Das séries, novelas e programas de entretenimento televisivo, salienta-se Sabadabadu com Ivone Silva e Camilo de Oliveira e em 1982, Vila Faia. Em 1984 o trabalho com Herman José em O Tal Canal, depois em Hermanias, Humor de Perdição, Casino Royal, Crime na Pensão Estrelinha, Parabéns, Herman Enciclopédia e Herman SIC. Foi ainda ator de séries como Os Bonecos da Bola, A Mulher do Sr. Ministro, Médico de Família, Cuidado com as Aparências, Jura e Vingança.
No cinema participou em longas-metragens, como Lerpar de Luís Couto, Santa Aliança de Eduardo Geada e O Querido Lilás de Artur Semedo.
A sua atividade estendeu-se ainda à rádio, em programas na Rádio Comercial, Emissora Nacional, Antena 1 ou Correio da Manhã Rádio. Participa em espetáculos de poesia portuguesa, tendo gravado alguns discos de declamação.
A 3 de fevereiro de 2006 foi feito Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Emanuela Nicoli
Harpa

Estudou no Conservatório Luigi Cherubini de Florença diplomando-se em Harpa, em 1996, com a avaliação máxima.
Frequentou vários cursos de aperfeiçoamento em Harpa.
Venceu em 1997 o Concurso Nacional Riviera della Versilia, e em 1999 o Concurso Internacional Rovere D'Oro na sua categoria. Em 2006 obteve o Curso Anual de Qualificação Professional para professora de Orquestra Progetto Palcoscenico, no Teatro Comunale del Maggio Fiorentino.
Em 2007 licenciou-se em Discipline Musicali, no Conservatório Luigi Cherubini, em Florença, tendo alcançado a votação máxima.
Atualmente, apresenta-se em formação de Camera e em Orquestra; colabora com o Festival Pucciniano di Torre del Lago (Lucca), Orchestra Mussinelli (La Spezia), Orchestra Franci (Siena), Orchestra Florence Sinfonyetta (Firenze), Orchestra Sinfonica di Massa Carrara, Emsemble Orchestral de Dijon (Dijon-France), Filarmonici di Firenze (Firenze), Orchestra Massimo de Bernart (Livorno), Orchestra Cantieri D'Arte (Reggio-Emilia), Orquestra Metropolitana (Lisboa), Orquestra Clássica do Centro (Coimbra-Portugal), Syrian National Symphony Orchestra (Damasco), Orquestra Vigo430 (Vigo-Galiza) Fundação Orquestra Estúdio (Guimarães), Orquestra Sinfónica da Esmae (Porto), Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian, Orquestra Nacional do Porto.
Em abril 2010 gravou um disco com o tenor Carlos Guilherme e Orquestra do Norte InOpera. Em setembro de 2011, colaborou com a Orquestra Gulbenkian, na gravação da Ópera Usher House, de Gordon Getty. Atuou como solista em diversos recitais. Desde outubro de 2009 até 2015 é Harpista da Orquestra do Norte, colabora com a Orquestra Metropolitana de Lisboa e a Orquestra Académica Metropolitana de Lisboa.

 

  • Reservas: 93 955 39 93 /animacao.cultural@cm-sesimbra.pt (necessário levantamento de bilhete)
31 Outubro 2020
Horário:

Sábado, às 16h

Local:
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo
AR|DestaquesAR|MúsicaMúsica
Adicionar a calendário 2020-10-31 00:00:00 2020-10-31 00:00:00 Europe/Lisbon Recital de Poesia e Harpa Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Município de Sesimbra © 2015-2020 | Todos os direitos reservados