Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C
Início

Sesimbra reforça Apoio Social

Familia   4 1 1024 2500

Nos últimos anos, a Câmara Municipal de Sesimbra tem reforçado o apoio a cidadãos e agregados familiares carenciados com medidas que dão prioridade às crianças e jovens, população idosa e integração de cidadãos. Aqui, incluem-se apoios ao nível do transporte escolar, fundamental para prevenir e combater o abandono escolar, alimentação ou aquisição de materiais através da ação social escolar. Mas também apoios a associações de pais, a agregados com poucos recursos, à população idosa, a portadores de deficiência ou a desempregados, à aquisição de medicamentos com prescrição médica para pessoas em situações de carência, à mobilidade de pessoas portadoras de deficiência, bem como à distribuição de cabazes alimentares e de bens de primeira necessidade. Saliente-se também a criação de melhores condições de habitabilidade de edificação, ao abrigo do Regulamento Municipal de Apoio à Reabilitação de Habitação.

Neste campo merecem ainda referência o projeto Empresários Pela Inclusão Social, suportado praticamente na íntegra pelo orçamento municipal, que tem sido decisivo para que Sesimbra possa continuar a manter os números de abandono escolar muito próximos do zero, e o Sempre a Mexer para Não Envelhecer, que proporciona, há mais de uma década, espaços de atividade e convívio à população sénior. A par destas medidas, a autarquia disponibiliza vários equipamentos e serviços, alguns deles em parceria com outras entidades, como o Espaço Solidário, o Espaço Cidadania, o Gabinete de Inserção Profissional, o Centro de Acolhimento aos Sem Abrigo e, mais recentemente, o Espaço Memória, dedicado a doentes ou familiares e amigos de pessoas com Alzheimer.

Sem estas respostas, que envolvem técnicos de vários serviços municipais que, por norma, trabalham em estreita parceria com instituições locais, muitos agregados sentiriam dificuldades acrescidas no seu dia-a-dia. É na sequência de todo este trabalho que surge o envolvimento da autarquia no Contrato Local de Desenvolvimento Social - CLDS 4G / FAMÍLIA +, projeto de âmbito concelhio que será dinamizado pelo Centro Comunitário da Quinta do Conde, ao abrigo de uma candidatura entregue em 2019, ao Instituto da Segurança Social, que fará o acompanhamento do mesmo. O FAMÍLIA + representa um investimento de 385 mil euros, e é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu.

O projeto foi apresentado no Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, 17 de outubro, na Lagoa de Albufeira, e contou com a presença de representantes de diversas entidades, entre as quais a vereadora do Pelouro da Ação Social da Câmara Municipal, Felícia Costa, o presidente da direção do Centro Comunitário, João Valente, e dirigentes do movimento associativo concelhio.

«A Câmara Municipal tem vindo a aprofundar o apoio à população mais vulnerável, não apenas dentro daquilo que são as suas competências mas, nalgumas situações, substituindo- se à própria Administração Central. E é na linha deste trabalho que estabelecemos um protocolo com o Centro Comunitário para, em parceria com outros agentes locais, promover um trabalho em rede que permita disponibilizar um conjunto de ações nas mais diversas áreas que contribuam para a capacitação das famílias, e assim ajudá-las a encontrar os meios e mecanismos para ultrapassarem as suas fragilidades », referiu Felícia Costa. O projeto tem a duração de três anos mas, da parte a autarquia, existe vontade em dar continuidade a esta estratégia de prevenção da pobreza. «O que se pretende é que após o término do FAMÍLIA + possamos ter uma ação estrutural conjunta e estratégica, ou seja, um plano de ação para que as famílias fiquem mais capacitadas e que possam viver de forma mais harmoniosa, e para que o concelho seja cada vez mais humanista e solidário para com as suas famílias», acrescentou Felícia Costa.

Para o presidente do Centro Comunitário da Quinta do Conde, João Valente, o FAMÍLIA + é um projeto bastante ambicioso, que foi abraçado a partir do momento em que o Centro recebeu o convite da Câmara Municipal para o trazer para Sesimbra. «Estamos conscientes da sua importância para a infância e para a orientação e capacitação parental», salientou, reforçando que o projeto «quer estar em todas as franjas do território e envolver entidades de todo o concelho », afirmou. «Todas as famílias crianças e jovens em situação de maior vulnerabilidade económica e social podem beneficiar do FAMÍLIA +, porque lhes vai proporcionar oportunidades ao nível do contexto relacional, cultural e emocional, através de um conjunto de ações nos domínios da saúde, do desporto, da cultura e da educação, concretizadas com visitas à natureza e ao património, workshop, atividades culturais, desportivas e lúdico-pedagógicas, e ações de desenvolvimento motivacional e de capacitação», adiantou. Os primeiros passos começaram há algum tempo, como destacaram Vanda Robalo, coordenadora do projeto, e Ana Elias, técnica que acompanha e dinamiza as atividades. «Houve um grande trabalho desenvolvido por diversos intervenientes, muito antes do projeto se ter iniciado, que levaram ao diagnóstico e consequente elaboração do plano de ação.

Hoje agarramos esse plano e adaptamo-lo às necessidades atuais, mas para que essa resposta seja verdadeiramente eficiente é fulcral o empenho de todos os envolvidos», salientaram. «Desde o dia 1 de setembro, data de início do FAMÍLIA +, que estamos a reunir com todos os parceiros que ajudaram no levantamento das necessidades e a auscultar todos os outros que irão continuar a acrescentar ainda mais valor a este projeto», reforçaram. Como parceiros contam-se as juntas de freguesia, movimento associativo, associações de pais, agrupamentos de escolas, com os quais deverão ser estabelecidas parcerias a fim de se delinearem ações de capacitação que possam dar resposta a essas necessidades.

A partir de novembro, o projeto vai começar a oferecer várias iniciativas. Destaca-se a inauguração, no dia 21, sábado, às 10 horas, do Espaço CLDS 4G FAMÍLIA +, localizado junto ao Mercado Municipal daQuinta do Conde. «Neste espaço iremos disponibilizar informação e o programa de ações do projeto. Mas o nosso objetivo é que, com o seu desenvolvimento, possamos ter outros espaços noutras zonas do concelho onde as famílias nos possam encontrar e participar», completou Vanda Robalo. Enquanto se prepara a abertura da sede, o FAMÍLIA + já começou a disponibilizar informação sobre o projeto nas redes sociais. Os interessados podem também solicitar informações através do e-mail clds4gsesimbra@gmail.com.

2020/10/28

Município de Sesimbra © 2015-2020 | Todos os direitos reservados