Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Quinta do Conde recebeu último foro das Opções Participadas 2017

Op quinta conde 1 1024 2500

Perto de 40 munícipes marcaram presença na reunião do foro territorial das Opções Participadas 2017, que decorreu no dia 6 de maio, na União Desportiva e Recreativa da Quinta do Conde. O encontro contou com a presença do executivo municipal e técnicos da autarquia, que registaram as propostas da população, depois de um dia preenchido com reuniões com várias associações da freguesia. Para este foro são disponibilizados 142 mil euros, de um total de 300 mil reservados nas OP 2017, e mais 50 mil para projetos apresentados online no site da autarquia.

«O objetivo destes foros é fazermos o ponto de situação das intervenções que resultaram de propostas recebidos no âmbito das OP 2016, dar conhecimento de outras obras realizadas pela autarquia e dos projetos previstos para a freguesia, alguns dos quais incluídos em candidaturas ao Portugal 2020», referiu a vice-presidente da Câmara Municipal, Felícia Costa.

Os apoios concedidos a várias entidades para a concretização de propostas avançadas na OP 2016, as pavimentações das ruas Egas Moniz e Norton de Matos e a requalificação do Jardim do Pinheiro Manso, bem como os projetos previstos, como a escola básica e jardim-de-infância do Conde 2, e um novo conjunto de pavimentações, foram alguns dos exemplos apresentados.

Entre as propostas sugeridas no foro da Quinta do Conde destacam-se a o alargamento das instalações do Centro de Dia do Centro Comunitário da Quinta do Conde, a instalação de sistema de rega no Espaço Quintal, a construção de um local para o jogo da malha, a colocação de iluminação em passadeiras, a criação de um mercado com produtos das Hortas Solidárias, a implementação de ciclovias e a requalificação da rua junto à Escola Básica do Casal do Sapo.

A par destas intervenções, quer o movimento associativo, quer os munícipes propuseram a melhoria das instalações das associações, e manifestaram preocupação, partilhada pela autarquia, sobre equipamentos necessários para a freguesia, como o Lar do Centro Comunitário, a Loja do Cidadão, a escola secundária, o alargamento do Centro de Saúde, ou a melhoria da rede de transportes.

2017/05/08

Município de Sesimbra © 2015-2018 | Todos os direitos reservados