Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Cineteatro exibe ciclo de cinema dedicado aos óscares

Afavorita 1 1024 2500

Entre março e maio, o Cineteatro Municipal exibe um ciclo de cinema dedicado aos óscares de 2019, que inclui Green Book – Um Guia Para a Vida, o grande vencedor da noite mais aguardada de Hollywood, ao conquistar o prémio de melhor filme, melhor ator secundário, Mahershala Ali, e melhor argumento original.

O programa arranca, no dia 8, com o filme A Favorita, do realizador grego Yorgos Lanthimos. Nomeado para dez óscares, incluindo o de melhor filme, melhor realizador e melhor atriz secundária, acabou por vencer a categoria mais aguardada da cerimónia, a de melhor atriz, para a britânica Olivia Colman, pelo papel da rainha inglesa Ana.

Segue-se, dia 22, Vice, que foi nomeado para oito óscares, mas arrecadou apenas a estatueta de ouro de melhor caraterização. Um filme biográfico, escrito e realizado por Adam McKay, que se debruça sobre aquele que é ainda hoje considerado o mais poderoso vice-presidente da história dos EUA.

Na última sexta-feira de março, a sala apresenta a longa-metragem Roma, de Alfonso Cuarón, que recebeu o óscar de melhor realizador, e embora o filme fosse um dos favoritos acabou apenas por vencer as categorias de melhor filme de língua estrangeira e melhor fotografia.

O cartaz fica completo com Green Book – Um Guia para a Vida, dirigido por Peter Farrelly, A Mulher, com a atriz Glenn Close, nomeada para melhor atriz, Cold War - Guerra Fria, À Porta da Eternidade e Se Esta Rua Falasse.

Programa

8 MAR | sex | 21.30h
A Favorita

de Yorgos Lanthimos, com Olivia Colman, Emma Stone, James Smith e Rachel Weisz. Drama, Comédia, Biografia; GB/EUA/IRL; 2018; 119 min.; M/16
Século XVIII. Inglaterra está em conflito com França. Anne, a rainha inglesa, é uma mulher doente e frágil que, apesar de se assumir como governante, deixa todas as decisões nas mãos de Sarah Churchill, a duquesa de Marlborough, sua amiga e amante. Quando Abgail, uma aristocrata caída em desgraça, chega ao palácio, torna-se próxima de Sarah. À medida que os assuntos de estado começam a exigir cada vez mais tempo e esforço de Sarah, Abgail encontra aí a oportunidade que esperava para se aproximar da monarca e cair nas suas boas graças.

22 MAR | sex | 21.30h
Vice

de Adam Mckay, com Christian Bale, Amy Adams, Steve Carell, Sam Rockwell, LisaGay Hamilton e Tyler Perry. Comédia Dramática, Biografia; EUA; 2019; 132 min.; M/14
Dick Cheney inicia-se na política na década de 1960, como estagiário do congressista William A. Steiger, durante a administração de Richard Nixon. Junta-se, pouco tempo depois, à equipa de Donald Rumsfeld, de quem se torna muito próximo nas décadas seguintes. Entre os anos 1975 e 1977, é chefe de gabinete de Gerald Ford, e, em 1989, é nomeado secretário da Defesa pelo então presidente George H.W. Bush. Em 2001, trabalha para a outra administração Bush, desta vez no cargo de vice-presidente durante os anos de governação de George W. Bush. Nesta função, fica conhecido pelo seu papel determinante em importantes decisões.

29 MAR | sex | 21.30h
Roma

de Alfonso Cuarón, com Yalitza Aparicio, Marina de Tavira, Diego Cortina Autrey e Carlos Peralta. Drama; EUA/México; 2019; 135 min.; M/14
Cidade do México, década de 1970. Cleo, de origem indígena, é empregada em casa de António e da sua esposa Sofia. Para além das responsabilidades domésticas, ela tem a seu cargo as quatro crianças do casal. Cleo é a primeira a levantar-se para acordar as crianças, alimentá-las e levá-las à escola e também a última a deitar-se depois de deixar tudo em ordem para o novo dia. Enquanto isso, o casamento está em rutura e o país em mudança… Leão de Ouro na 75.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, um filme autobiográfico filmado a preto e branco, que recria uma época conturbada da história do México e uma fase importante da infância de Alfonso Cuarón.

5 ABR | sex | 21.30h
Green Book - Um Guia Para a Vida

de Peter Farrely, com Viggo Mortensen, Mahershala Ali, Linda Cardelli. Comédia Dramática; EUA; 2018; 130 min.; M/12
EUA, 1962. Desempregado desde o encerramento da discoteca onde trabalhava como segurança, Tony Lip (Viggo Mortensen) está disposto a aceitar qualquer trabalho. Um dia, conhece Don Shirley (Mahershala Ali), um famoso pianista negro que procura alguém que, durante a digressão de oito semanas que está prestes a fazer pelo sul do país, ocupe simultaneamente os cargos de motorista e de segurança. Mas o temperamento de cada um, diametralmente oposto, vai transformar aquela viagem num verdadeiro desafio.

12 ABR | sex| 21.30h
A Mulher

de Björn Runge, com Christian Slater, Elisabeth McGovern, Max Irons, Jonathan Pryce, Glenn Close. Drama; EUA/SUE/GB; 2018; 100 min.; M/14
Joan e Joseph Castleman são casados há mais de quatro décadas. Ele é um escritor consagrado; ela viveu toda a vida à sombra do marido, sacrificando os seus desejos e ambições mais íntimas em prol dos valores familiares. Quando Joseph é contactado por lhe ter sido atribuído o prestigiado Nobel da Literatura, os dois viajam até Estocolmo (Suécia), para participar na cerimónia. Durante a pressão dos dias seguintes, alguns segredos guardados durante anos são expostos, reavivando ressentimentos e modificando drasticamente as suas vidas.

17 MAI | sex | 21.30h
Cold War - Guerra Fria

de Pawel Pawlikowski, com Joanna Kulig, Tomasz Kot, Borys Szyc. Drama, Musical, Romance; FRA/POL/GB; 2018; 80 min.; M/14
Vencedor do prémio para Melhor Realizador na edição de 2018 do Festival de Cannes, o sexto filme do polaco Pawel Pawlikowski é livremente inspirado na relação entre os pais do realizador. Rodado a preto e branco, centra-se em duas pessoas que são oriundas de meios muito diferentes e têm personalidades que não condizem uma com a outra. O romance desenvolve-se em plena Guerra Fria, pela Europa, entre a Polónia, Berlim, a Jugoslávia e Paris.

24 MAI | sex | 21.30h
À Porta da Eternidade

de Julian Schnabel, com Willem Dafoe, Rupert Friend, Oscar Isaac. Drama; Suíça/Reino Unido; 2018; 111 min.; M/12
Antes de se dedicar à pintura, o holandês Vincent Van Gogh teve uma breve carreira como pastor evangelista. Em Paris, para onde se mudou em 1886, cruzou-se com artistas que tiveram uma enorme influência sobre si, entre eles Monet, Pissarro, Degas ou Gauguin. Dois anos mais tarde, partiu para Arles, no sul de França, onde pintou algumas das suas obras mais importantes, marcadas pela solidão e desordem da sua vida. Afundado na depressão, o pintor acabou por morrer a 29 de julho de 1890, em consequência de um disparo no próprio peito, sem nunca ter tido o reconhecimento e prestígio que viria a conquistar anos após a sua morte.

31 MAI | sex | 21.30h
Se Esta Rua Falasse

de Barry Jenkins, com Regina King, Stephan James, Kiki Layne. Drama, Crime, Romance; EUA; 2018; 119 min.; M/12
Uma mulher negra da zona pobre do Harlem, em Nova Iorque, luta desesperadamente para provar que o seu noivo, e pai da criança que está prestes a dar à luz, é inocente de um crime. Baseado no célebre romance de James Baldwin.

Bilhete: 3,5 €

2019/03/06

Município de Sesimbra © 2015-2018 | Todos os direitos reservados