Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

I Encontro Património e Cultura Marítima

Construcao naval 1 1024 2500

A tradição dos ofícios relacionados com a construção naval sesimbrense é ancestral. O Tombo da Vila e seu termo refere-se em 1410 à dízima a pagar a calafates e a carpinteiros pela construção de barcas. Em 1425, a documentação menciona a mata do Zimbral como sendo o local para recolha de madeira para construção das barcas. O Foral de D. Manuel, de 1514, relata as isenções de pagamento que os materiais utilizados na construção de embarcações estavam sujeitos.

Estas são apenas algumas datas de referência que atestam a importância que a construção naval e os ofícios inerentes à mesma têm tido na história marítima local, e que vão ser o ponto de partida para o I Encontro Património e Cultura Marítima, intitulado A Construção Naval: Do Risco ao Barco, que se realiza no dia 15 de novembro, na Biblioteca Municipal, e faz parte das comemorações do Dia Nacional do Mar, que se assinala a 16 de novembro. 


Para além deste momento, onde se vão debater temas como a arqueologia e a arquitetura naval, a construção e recuperação de embarcações tradicionais, os museus e a construção naval, está programada uma sessão da Sesimbra, Memória e Identidade sobre a construção naval sesimbrense e uma visita aos estaleiros navais e ao Porto de Pesca.

A inscrições estão abertas até 14 de novembro, pelos telefones 21 228 85 50 ou 93 245 45 33 ou pelo e-mail museu@cm-sesimbra.pt.

Programa 

15 NOV | sex

9h | Receção aos participantes

9.30h | Abertura
Discurso de Boas-vindas
Felícia Costa, vice-presidente da Câmara Municipal de Sesimbra
Comandante João Manuel Figueiredo de Passos Ramos, diretor do Museu de Marinha

1.º PAINEL
A Arqueologia da Construção Naval
Moderador: Andreia Conceição, Câmara Municipal de Sesimbra

10h | Navios, Estaleiros e Florestas: A Reconstrução Arqueológica de uma Memória e Identidade Ibérica
Miguel Martins, Instituto de Arqueologia e Paleociências, NOVA-FCSH

10.20h | As Naus da Carreira da Índia de Três Cobertas: Sua Construção e Apresto (1600-1630)
Alexandre Monteiro, Instituto de Arqueologia e Paleociências, NOVA/FCSH

10.40h | A Reconstrução de Embarcações Tradicionais na Ria Formosa - Uma Abordagem Etnoarqueológica
Brígida Baptista, Arqueóloga Náutica e Subaquática
Lais de Guia, Associação Cultural do Património Marítimo, Tavira

11h | Debate

11.10h | Coffee Break

2.º Painel
Tratados de Arquitetura Naval
Moderador: Brígida Baptista, Arqueóloga Náutica e Subaquática

11.30h | Madeiras e “Achegas” na Construção Naval Portuguesa nos Séculos XVI e XVII
António Teixeira, UAL

11.50h | O Livro Primeiro de Architectura Naval, de João Baptista Lavanha: Cronologia e Propósito
Francisco Domingues, FLUL

12.10h | A Propósito do Livro da Fábrica das Naus, a Evolução dos Navios Portugueses nos Séculos XV e XVI
Comandante Rodrigues Pereira, Academia de Marinha e Academia Portuguesa da História

12.30h | Debate

12.40h | Almoço livre

3.º Painel
Do Risco ao Barco. Construção e Recuperação de Embarcações Tradicionais
Moderador: António Teixeira, UAL

14.30h | Amor ao Oficio, Recuperação da Barca Típica de Sesimbra
Jorge Branquinho, ARGONAVIS – Rotas com História

14.50h | Policarpo, Construtor Naval Sesimbrense
Policarpo Botas, AQUAPLAS,Carpintaria Naval

15.10h | Muleta, Construção de uma Réplica
Jaime Costa, Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos

15.30h | Debate

15.40h | Coffee Break

4.º Painel
Museus e a Construção Naval
Moderador: Comandante Rodrigues Pereira, Academia de Marinha e Academia Portuguesa da História

16h | O Papel da Marinha do Tejo no Desenvolvimento das Embarcações Típicas do Tejo
João Romba, Marinha do Tejo

16.20h | A Construção e a Preservação dos Saberes na Arte da Construção Naval de Embarcações Tradicionais
Vítor Mendes, Câmara Municipal da Moita

16.40h | Apontamentos sobre o Estudo e a Salvaguarda do Património Flúvio-marítimo: A Construção e Reparação Naval em Madeira no Seixal
Adelina Domingues, Ecomuseu, Câmara Municipal do Seixal

17h | Algumas Notas Históricas sobre a Construção Naval Tradicional em Sesimbra: Do Museu Marítimo ao Risco
Andreia Conceição, Museu Marítimo de Sesimbra, Câmara Municipal de Sesimbra

17.20h | Debate

17.30h Encerramento
Biblioteca Municipal de Sesimbra

15 NOV | sex | 21.30h
SESIMBRA, MEMÓRIA E IDENTIDADE
Memórias da Construção Naval Sesimbrense
Participação livre e gratuita
Capela do Espírito Santo dos Mareantes, Sesimbra

16 NOV | sáb | das 10 às 13h
PATRIMÓNIO VIVO
Visita aos Estaleiros de Construção Naval e Porto de Pesca
Participação livre e gratuita
Limite: 40 participantes
Ponto de encontro: terminal dos autocarros, Sesimbra
Porto de Pesca, Sesimbra

2019/10/28

Município de Sesimbra © 2015-2018 | Todos os direitos reservados